Ver versão desktop
ONLINE
123
Menu
Começar Pontos Academia Curso Tips    Análises    Procurar Tips Estatísticas de Futebol Estatísticas de Ténis Estatísticas de Basquete Estatísticas de MotorSports Artigos Promoções Concursos Fórum

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

André Akkari: embaixador do póquer no Brasil


André Akkari: embaixador do póquer no Brasil

Desde 2005 que André Akkari é jogador de póquer profissional brasileiro.

”Samba” e “ginga” são para ele fundamentais neste jogo que implica, porém, disciplina.

Aos 30 anos, depois de ter sido convidado através da sua empresa para desenvolver um projeto para um site de póquer internacional, André Akkari dedicou-se a 100% ao jogo de cartas online.

Na época, estava muito mal financeiramente”, revela em entrevista ao Observador.

Com a compra da casa e o nascimento da primeira filha, agarrou-se aos primeiros livros e, um ano depois, tornava-se um profissional. Em 2007, encontrava-se já no ranking de melhores jogadores de póquer online em toda a América Latina. No entanto, foi em 2011, o ano de consagração, com a vitória do World Series of Poker, em Las Vegas.

Era o segundo brasileiro na história a alcançar o feito, abrindo assim as portas do mercado no Brasil.

Hoje tenho resultados, paguei a minha casa com o meu jogo, paguei a escola das minhas filhas com o meu jogo”, mostra com satisfação ao Observador.

Primeiramente esteve só pelas mesas online. A transição para o póquer ao vivo deu-se ainda no início da sua carreira, mas admite “[ser] difícil”, porque as diferenças são notórias.

No póquer online você joga muitas mesas ao mesmo tempo, está sempre com ação. Quando vens jogar ao vivo fica faltando adrenalina. Queres jogar mais mãos do que deverias jogar porque estás habituado a ter emoção a todo o momento. Então, precisas de uma adaptação, precisas de ter mais paciência. É preciso disciplina, para estudar, para controlar o dinheiro, paciência para jogar. O póquer é um jogo de paciência.”, acrescenta.

Além destas, as estatísticas e outro tipo de informações que são úteis na hora de tomar as melhores decisões são referidos por Akkari elementos essenciais no póquer online. Por outro lado, a leitura dos sinais corporais no póquer ao vivo, torna o jogo mais realista.

Embora, na altura da conversa com o Observador, já não estivesse a concorrer para o primeiro lugar do principal evento do PokerStars Championship Bahamas, André Akkari não se mostrou retraído. À pergunta “o póquer é mais MPB ou samba?”, o jogador brasileiro deixou fluir as palavras.

Ah, o póquer é mais samba. O MPB é muito calmo para o póquer, é mais relaxante, mais intelectual. O póquer é intelectual, mas precisa de malandragem, de uma certa dose de ser jogador. Não adianta ser só técnico, ser só matemático. O póquer está cheio de matemáticos de formação que tentam jogar e não conseguem porque não têm jogabilidade. E o samba é o jogo, é um balanço, é um gingado.”

No entanto, assume que nem tudo no póquer é como descreveu acima.

Quando você passa dez dias em Barcelona, dois meses em Las Vegas, mais dez dias noutro lugar e outro dois meses noutro qualquer, algum preço tem de pagar”, assume André Akkari, referindo-se à família.

Apesar disso, o segredo, continua André Akkari, “é olhar o póquer com paixão”. Já fora das mesas do póquer, o jogador brasileiro luta pela regulamentação do jogo online no Brasil.

Na minha carreira, fui por dois caminhos: o caminho de jogar póquer, e tentar conseguir os melhores resultados; e o caminho de defender o póquer, de defender o desporto.”

Acredita-se que o futuro do póquer venha a ser mais risonho para o Brasil, até porque os primeiros resultados já são visíveis e o brasileiro não esquece a luta portuguesa.
 

Fonte: Observador

Bónus PokerStars
pokerstars, póquer online

Partilhar "André Akkari: embaixador do póquer no Brasil" via:

Enviar Comentário

Comentário (0)

Procurar