Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
United States, the best promotions, bonuses and bookmakers available at:
Take these offers now!

Back a quem está por cima ou Lay a quem está por baixo no jogo?

Back a quem está por cima ou Lay a quem está por baixo no jogo?

Esta é uma questão relacionada com o perfil de risco do apostador. Eu prefiro estar simultaneamente a favor do jogo e do mercado, e por isso a resposta é simples: prefiro o Lay à equipa que está a jogar pior em cada momento.

por Paulo Rebelo   |   comentários 0
Quarta, Abril 8 2015


Num jogo onde identificámos um favorito, que aposta fazer?

  • Bback à equipa favorita?
  • ou Lay à equipa adversária (ao mais fraco)?

Em primeiro lugar, quero deixar claro que não há uma forma certa de abordar esta questão. Por isso vou dizer o que eu faço, mas admito que não seja a forma certa, é simplesmente a forma que mais tranquilidade me dá.

Eu prefiro, por norma, apostar contra a equipa mais fraca, fazer lay à equipa que eu acho que não vai ganhar, ou a equipa que está a jogar pior naquele momento.

Porque se eu aposto a favor da equipa que está a jogar melhor, e ela não marca golo nos próximos minutos, a odd dessa equipa vai subir, e eu vejo o meu “red” também a subir. E isso faz-me confusão, faz-me mal.

Embora apostar no favorito àquela odd possa ser uma aposta de valor, o facto de ver o red a aumentar afecta-me e condiciona a minha capacidade de tomar decisões racionais.

É só por esta razão que eu prefiro apostar contra a equipa que eu acho que vai sofrer:

  • Se for golo eu ganho dinheiro;
  • Se não for golo, o mais provável é que eu ganhe pouco, mas ganhe também.

Mas note-se que quem apostou a favor da equipa que estava a jogar melhor, se for golo, esse apostador vai ganhar mais dinheiro do que eu!

Resumidamente esta decisão depende do perfil de apostador:

  • se és mais avesso ao risco – lay à equipa pior;
  • se gostas de mais risco – back à equipa melhor.

Eu diria que no longo prazo, quem optar pela tática de maior risco ganhará mais (isto se a sua análise se revelar sempre acertada). Isto é apenas a minha intuição, mas não fiz estudos, não tenho certeza.

Mas não tenho dúvidas em afirmar que se o perfil do apostador for como o meu: avesso ao risco, e deixar-se afectar por ver o red crescer; então aí o melhor a fazer (que dá mais lucros a longo prazo) é estar contra a equipa pior.

Resumindo, a minha forma de trabalhar é estar sempre a favor quer do jogo, quer do mercado.

Abraço,
PR


back, conselho, contra o mercado, dog, favorito, lay, momento do jogo, trading live, underdog

Comentários (13)
  1. BarbosaDaSilva 08 Abr 2015 - 16:26
    Concordo perfeitamente contigo!
  1. _Marcelo_ 08 Abr 2015 - 16:50
    Destaco esta frase com a qual me identifiquei a 100%

    "Porque se eu aposto a favor da equipa que está a jogar melhor, e ela não marca golo nos próximos minutos, a odd dessa equipa vai subir, e eu vejo o meu “red” também a subir. E isso faz-me confusão, faz-me mal."
  1. ipc2007 08 Abr 2015 - 17:32
    Muito bom.
  1. inacion 09 Abr 2015 - 12:04
    Excelente artigo.
    Em cada jogo estabeleço um valor máximo de perdas, se atingir esse valor desisto e avanço para outro jogo (se houver).
    Normalmente faço back à equipa que está melhor. Como ainda não tenho uma banca com um valor baixo, se apostar contra a equipa que está pior, em muitas situações, mesmo com a aposta mínima (2€), a responsabilidade é maior do que o valor máximo que estou disposto a arriscar.
    Fazer lay à equipa que está pior, principalmente se não for favorita, só é possível em bancas com um valor médio / alto. Se for a equipa favorita, é possível apostar contra com bancas de baixo valor.
    A escolha entre back a quem está melhor ou lay a quem está pior também depende da banca.
  1. RCunha 11 Abr 2015 - 11:08
    Exelente artigo! 
  1. Ariev 11 Abr 2015 - 14:03
    inacion escreveu:
    Excelente artigo.
    Em cada jogo estabeleço um valor máximo de perdas, se atingir esse valor desisto e avanço para outro jogo (se houver).
    Normalmente faço back à equipa que está melhor. Como ainda não tenho uma banca com um valor baixo, se apostar contra a equipa que está pior, em muitas situações, mesmo com a aposta mínima (2€), a responsabilidade é maior do que o valor máximo que estou disposto a arriscar.
    Fazer lay à equipa que está pior, principalmente se não for favorita, só é possível em bancas com um valor médio / alto. Se for a equipa favorita, é possível apostar contra com bancas de baixo valor.
    A escolha entre back a quem está melhor ou lay a quem está pior também depende da banca.

    Dá para fazer apostas abaixo do minimo, dá é mais trabalho se não for feito com software.
  1. domgomes 11 Abr 2015 - 22:30
    Paulo, e quando estás lay e tomas um golo contra a tua posição? Fechas ou depende da situação de cada jogo?
  1. Rui Teixeira 11 Abr 2015 - 22:50
    domgomes escreveu:
    Paulo, e quando estás lay e tomas um golo contra a tua posição? Fechas ou depende da situação de cada jogo?

    Olá,
    essa questao já foi colocada ao Paulo. Ver resposta completa no artigo:  https://www.academiadasapostas.com/blog/2014/10/como-reagir-a-um-red-analisar-fechar-posicao-e-comecar-de-novo

    «Antes de mais, quando as coisas correm mal, devemos tentar perceber o porque é que falhamos: análise totalmente errada, análise certa e este acontecimento faz parte da probabilidade, azar...
    Mas independentemente de qualquer que seja a conclusão do porquê, aquilo que eu faço é fechar a minha posição, sempre.
    »

  1. johnkleverson 29 Mai 2015 - 14:01
    Eu penso da seguinte forma. No futebol atual, tirando apenas as 4 equipes melhores atuais internacional. Barcelona, Real Madrid, Juventus e Bayern. Não vejo uma odd de valor entrar com o Back. Pois como se diz no artigo, ficamos mais exposto. Se analisarmos, hoje uma equipe inferior quando joga contra um adversário teoricamente melhor, tem a tendência de jogar com o time todo em seu campo de defesa. Arriscando-se muito pouco por uma bola.

    Com o passar do tempo corrido, ficamos em prejuízo, e na maioria das vezes o gol do favorito saí,cerca dos 70 minutos de jogo. Momento que já estamos aflitos e queremos sair sem um prejuízo maior. Se neste caso não tiver a ver o jogo, poderá ocorrer uma sorte, mais se tiver ver em direto, poderá ver as reais situações de gols criadas pelo favorito,se está a levar perigo para a baliza.

    Hoje,vejo que para um lucro de longo prazo, seja um Lay ao time inferior. Por mesmo que saia um gol da zebra,o prejuízo momentâneo é bem menor.
  1. Guerreiro 29 Mai 2015 - 23:17
    Não é assim tão linear...depende de outros factores...