ONLINE
1
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  The best bookmakers at: I want to seize these offers now!

LEC suspende parceria com a NEOM

LEC suspende parceria com a NEOM

A liga de League of Legends, LEC, suspendeu a parceria com a NEOM.

por Academia   |   comentários 0

Um dos principais campeonatos da Europa de League of Legends, LEC, suspendeu a parceria com a empresa NEOM, empresa que pertence ao príncipe da Arábia Saudita, Mohammad bin Salman. A parceria com a empresa visava projetar uma cidade próxima ao Mar Vermelho e da Arábia Saudita até 2025, com o objetivo de ser "uma nova comunidade, casa e local de trabalho para milhões de cidadãos de todo o mundo que queiram fazer parte de um novo modelo de vida sustentável, com trabalho e prosperidade na Arábia Saudita, incluindo cidades, portos, centros de pesquisa, desportos e entretenimento". A parceria havia sido anunciada na última terça-feira (28), porém, a mesma foi cancelada na quarta-feira (29), após diversas críticas ao projeto e a empresa NEOM. As críticas vieram de apresentadores dos torneios de LoL, funcionários dentro da Riot Games e o próprio público de League of Legends. O repúdio ao projeto deve-se por conta da intolerância da Arábia Saudita com a comunidade LGBTQIAP+ e aos próprios moradores locais.
 
"Isso é decepcionante porque é a LEC. É a minha equipa, o meu produto, os meus gerentes, omeu escritório. A minha família. A minha casa. Isto não é alguém longe, numa sede que eu não conheço. É devastador porque eu conheço quem fez essas escolhas e me sinto silenciada" - Relatou, Indiana, uma das comentadoras da competição.
 
Sendo assim, a LEC anunciou a suspensão de parceria com a NEOM, dizendo que:
 
"Como empresa e como liga, sabemos que é importante reconhecer quando cometemos erros e rapidamente trabalhar para os corrigir. Após profunda reflexão, enquanto permanecemos firmemente comprometidos com todos os nossos jogadores e fãs ao redor do mundo, incluindo os que vivem na Arábia Saudita e no Médio Oriente, a LEC encerrou a parceria com a NEOM imediatamente. Num esforço para expandir o nosso ecossistema de eSports, movemos muito rápido para consolidar esta parceria e causamos fraturas na mesma comunidade que queremos crescer. Mesmo perdendo as nossas expectativas neste caso, estamos comprometidos a reexaminar as nossas estruturas internas para garantir que isso não aconteça novamente".

 
A streamer Macaiyla questionou a companhia LEC sobre o ocorrido, perguntando "Por que vocês decidiram sequer trabalhar com eles em primeiro lugar? Vocês não têm uma equipa e advogados que poderiam ter avisado sobre essa situação e o motivo pelo qual essa era uma má ideia?".
 
No entanto, no dia 28 de julho, a organização de competições, a BLAST, de Counter Strike: Global Offensive, havia fechado uma parceria com a NEOM, também. Porém, nenhuma posição foi tomada pela BLAST por enquanto. Apenas um dos apresentadores do torneio, James Banks, falou a respeito.
 
"Comecei a trabalhar com a BLAST no último ano, tenho um imenso respeito por tudo o que eles já fizeram, especialmente quando se trata da produção dos torneios e da liberdade que me dão para trabalhar, mas nós realmente precisamos ouvir o que eles têm a dizer sobre a parceria com a NEOM, nenhuma comunidade deve aceitar isto".

Partilhar "LEC suspende parceria com a NEOM" via: