ONLINE
6
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

Playtech assegura plataforma de apostas online da Santa Casa


Playtech assegura plataforma de apostas online da Santa Casa

A gigante da tecnologia de jogos online vai fornecer a sua plataforma de gerenciamento de jogadores IMS à Sociedade de Apostas Sociais (SAS).

Isto permitirá que o novo Sportsbook SAS tenha uma vertente online e móvel ao vivo.

O acordo plurianual permitirá à Playtech integrar a sua plataforma de gerenciamento de jogadores IMS, baseada em dados e funcionalidade de carteira única, na implantação da nova licença de sportsbook da Sociedade de Apostas Sociais (SAS). Ou seja, alimentará toda a oferta online da Sociedade maioritariamente composta pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML).

A nova licença referida vai consistir no estabelecimento de uma plataforma de apostas desportivas móvel e online da Playtech, suportada por feeds de dados e serviços de gerenciamento de risco e operacional, incluindo retenção, business intelligence e CRM.

"Mercados regulamentados novos e emergentes são uma parte fundamental da nossa estratégia de crescimento. Portugal é um território significativo nesse plano de crescimento, por isso estamos muito satisfeitos em termos assinado com a SAS para integrar dois elementos principais da oferta Playtech, que começam com o IMS e o sportsbook.”, Shimon Akad, COO Playtech.

A oferta digital Playtech BGT Sports (PBS), por se tratar de uma solução única e integrada para dispositivos desktop e móveis com uma interface de última geração, permitirá aos clientes SAS apostarem em movimento ou em casa de forma rápida e divertida.

Curiosos? O novo sportsbook SAS, alimentado pela Playtech, está planeado para, em breve, entrar no mercado.

Lembramos que Sociedade de Apostas Sociais (SAS) foi o nome dado a um consórcio criado pela Santa Casa, pela União das Misericórdias, pela Fundação Montepio, Cáritas Portuguesa e ainda pela Associação de Cegos e Amblíopes de Portugal (ACAPO) no início de janeiro de 2017.

jogo online, playtech, santa casa, sociedade das apostas sociais

Partilhar "Playtech assegura plataforma de apostas online da Santa Casa" via:

Enviar Comentário

Comentários (13)


  1. Gomes Ferreira 15 Fev 2018 - 13:13
    Para quem tinha dúvidas da demora...."meia-palavra" basta.
  1. RMSG77 15 Fev 2018 - 19:16
    Não é o ideal mas quantas mais melhor sempre vamos fazer concorrência umas às outras... http://www.jogo-legal-portugal.pt/noticia-aposta-Luckia-pt-anuncia-lancamento-iminente-de-bookmaker-online-em-Portugal.html
  1. delvecchio 16 Fev 2018 - 03:07
    Vai ser uma diversão!
  1. Pedro Gomes5912 16 Fev 2018 - 10:04
    @RMSG77 porque afirmas que não é o ideal?
  1. fabioita 16 Fev 2018 - 15:58
    Agr arrasam c as casas k andam por cá e arrasam com os boletins do café (mediadores)  penso k malta fã faixa etária 20,30 e início dos 40 se movam pro placard online se este sibir as odds.
  1. RMSG77 16 Fev 2018 - 22:46
    Porque penso que o ideal é uma bolsa de apostas não mais casas, ao termos uma bolsa o mercado terá de ser mais aberto.
  1. Pedro Gomes5912 19 Fev 2018 - 12:01
    De acordo, apenas temos de esperar que as apostas cruzadas sejam leagais.
  1. fabioita 19 Fev 2018 - 18:51
    Também saiu uma noticia sobre o jogo ilegal em Portugal no site do aposta ganha, mas acho que n tem muito fundamento, talvez seja pra meter medo
  1. António Ben 20 Fev 2018 - 14:16
    O problema não são os nossos estudos e análises, o problema são os jogos de bastidares, vulgo viciação de resultados, que a maioria não tem acesso.
    É muito fácil viciar um jogo, a maioria não se apercebe, para a maioria são jogadas normais, só quem tem muitos anos de desporto, se apercebe do que passa despercebido ao espectador "normal".

    "«- O presidente Gilberto do CD Tondela é enorme... pois hoje demonstrou que não se vende ao poder, perante as suas declarações.
    - Fui abordado por um administrador da SAD de um clube para mentir relativamente a jogos viciados ou comprados, ao qual lhe disse que não aceito pagamentos para mentir.
    - Trabalho no futebol de consciência tranquila, e a determinada altura vi-me difamado por indignos que vendem a alma acusando-me de coisas insólitas praticadas pelos mesmo, aos quais deixo vídeo a baixo!"

    "- Infelizmente perante tanta palhaçada e difamação para quem estiver atento, retiro uma dilação muito real.... O DINHEIRO MANDA MAIS QUE O FUTEBOL!
    - Vende-se guarda redes por um golo... jogada estudada em laboratório que não tinha “REDES”
    - Na verdade enveredei pelo caminho errado, pois se fosse o gajo da mala estava rico, mas não estou, sou uma rica pessoa!»"