Ver versão desktop
ONLINE
125
Menu
Começar Pontos Academia Curso Tips    Análises    Procurar Tips Estatísticas de Futebol Estatísticas de Ténis Estatísticas de Basquete Estatísticas de MotorSports Artigos Promoções Concursos Fórum

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

Imposto sobre as apostas já rendeu 176 milhões ao Estado


Imposto sobre as apostas já rendeu 176 milhões ao Estado

O Estado é cada vez mais favorecido com os jogos Santa Casa.

Entre janeiro e novembro, a receita superou em 22 milhões de euros o valor arrecadado no mesmo período de 2015.

Com os pés já bem assentes no ano de 2017, é hora de ficar a par dos valores que entraram nos cofres do Estado!

Até outubro falava-se em 2 mil milhões de euros que os portugueses apenas “deixaram ir” dos seus bolsos para tentarem a sorte - uma diferença gigantesca de 498,5 milhões de euros se comparássemos com o mesmo período do ano de 2015 (artigo “Portugueses gastam mais nos jogos Santa Casa” )
 

De tal forma, que a receita gerada pelo imposto que incide sobre os jogos ascendeu, de janeiro a novembro, aos 175,5 milhões de euros, superando em 22 milhões o valor arrecadado no mesmo período de 2015.

 

E perguntam: o ano de 2016 rendeu ao Estado quase 176 milhões? A resposta é:“não fica por aqui”, porque ainda faltam apurar os dados, talvez do mês mais importante – o mês do Natal e do Ano Novo.

Os jogos da Santa Casa dão dinheiro ao Estado por duas vias. Primeiro, através do imposto do selo sobre as apostas - valor que já está incluído no preço total da raspadinha ou na quantia que se aposta no Totoloto ou no Euromilhões. Numa segunda via, o Estado ganha com a tributação que incide sobre os prémios. Pois bem, aquela famosa taxa de 20% sobre os prémios de jogo acima de cinco mil euros, fez com que o Estado recebesse a quatro dias do Natal, 12 milhões de euros com um primeiro prémio saído em Carnaxide (no total, Portugal recebeu cinco primeiros prémios do Euromilhões ao longo do ano passado).

Os dados fornecidos ao Jornal de Notícias pelo Ministério das Finanças indicam que entre apostas e prémios, a receita do imposto do selo sobre o jogo superou em praticamente todos os meses o valor arrecadado em 2015. Apenas em abril e julho registaram-se ligeiras quebras, mas foram mais do que compensadas com a forte subida no mês de junho: 28,4 milhões de euros de receitas no total, três vezes mais do que no mês homólogo do ano anterior.

Mas se quisermos números concretos, basta recuar a 2015.
 

No total, o imposto do selo sobre os jogos sociais fez entrar nos cofres do Estado 198 milhões de euros, sendo que 23% foi produzido no mês de dezembro.

 

Para 2016, não estão contabilizados os valores do último mês do ano, mas acredita-se que o Estado ficará a ganhar mais com o dinheiro dos portugueses. E a tudo isto, falta  adicionar o imposto do jogo online.

Fica a pergunta: podemos considerar que o Estado se está a posicionar como o principal operador de jogo em Portugal, uma vez que parece ser quem mais lucra com as apostas, por vias de imposto?

 

jogos santa casa

Partilhar "Imposto sobre as apostas já rendeu 176 milhões ao Estado" via:

Enviar Comentário

Comentário (8)

  1. pernalta024 07 Jan 2017 - 14:22
    Ladrões
  1. Luís M 07 Jan 2017 - 17:14
    O estado fica com cerca de metade da riqueza produzida no país, recebem de todo o lado.
    Por isso há sempre tanto interesse em ir para o governo, são sempre muitos milhões para distribuir e repartir, como diz a sabedoria popular. "Quem parte e reparte e não fica com a melhor parte, ou é tolo, ou não tem arte."
  1. MARINO 07 Jan 2017 - 22:33
    Luís escreveu:
    O estado fica com cerca de metade da riqueza produzida no país, recebem de todo o lado.
    Por isso há sempre tanto interesse em ir para o governo, são sempre muitos milhões para distribuir e repartir, como diz a sabedoria popular. "Quem parte e reparte e não fica com a melhor parte, ou é tolo, ou não tem arte."
    Já assim dizia Fócrates.
  1. Kadmon 09 Jan 2017 - 12:15
    Imposto é roubo.
  1. mariaedu 10 Jan 2017 - 11:06
    É roubo porque não nos devolvem em qualidade de vida, facilidades, educação, tecnologia, etc... Fica tudo entre eles.  (muerto)
  1. RicardoChiba 10 Jan 2017 - 23:30
    Concordo com os comentários!
  1. topgun101 13 Jan 2017 - 14:49
    Para se ver quanto ganham, e nada nos é retribuído... nem mesmo no que diz respeito à aprovação das licenças para as casas de apostas.
  1. Betfair forever 21 Jan 2017 - 02:11
    E isto é correto?? Nao é... camada de ladroes é o que sao estao a encher os bolsos e dps dizem k nao ha dinheiro pra pagar a divida do país esse dinheiro vai para onde? Porq nao vao pagar a divida ou aumentam o ordenado ou acham k é com mais 57€ k as pessoas vao viver melhor?? Este é o país da europa que trabalha mais e recebe menos... o nosso ordenado minimo teria que ser no minimo 900€ e ainda é pouco. So assim haveria poder de compra e toda a gente ficaria bem.

Procurar