ONLINE
24
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

Sony Open 2014: Berdych e Cilic podem assumir nota de destaque em Miami


Sony Open 2014: Berdych e Cilic podem assumir nota de destaque em Miami
"A secção superior do quadro parece ser a ideal para procurarmos por valor, com Nadal potencialmente vulnerável já com a cabeça na mudança para a terra batida e Tomas Berdych e Stan Wawrinka a poderem revelar-se boas opções a rondar os 21.0..." Tomas Berdych @ 21.0


O Sony Open de Miami é o torneio Masters 1000 da semana no ATP Tour e Sean Calvert encontra razões de sobra para evitar os favoritos ao título em Crandon Park...

A acção dos Masters 1000 prossegue esta semana, com os jogadores a mudarem-se de Oeste para a Costa Este dos Estados Unidos da América para o Sony Open em Miami.

A semana foi boa para quem apostou em John Isner a 160.0 na semana passada, já que o gigante americano fez uma boa caminhada em Indian Wells que permitiu fazer cashout a valores entre os 10.0 e os 20.0 antes da Meia-Final com Novak Djokovic, em que ele acabou por ter pouca sorte ao lesionar-se no terceiro set, sendo assim incapaz de bater o sérvio. 

Rafa Nadal foi uma decepção e não estou à espera que ele possa assumir nota de destaque esta semana num torneio onde ele nunca triunfou, mas não deixa de ser interessante que tenha alcançado a Final de três em três anos desde a sua primeira em 2005, portanto ele pode estar apostado em manter essa sequência.

Normalmente, as superfícies Laykold aqui em Miami não permitem grandes ressaltos de bola ou "spins" muito pronunciados ao contrário do que sucede em Indian Wells e Rafa ainda não conseguiu encontrar em Key Biscayne os mesmos motivos para sorrir que geralmente consegue no deserto californiano.

Novak Djokovic frustrou a minha aposta em Roger Federer no Domingo na Final de Indian Wells num encontro decidido no último set através de tie-break, mas seria demasiado bom para ele repetir a façanha de 2011 quando venceu Indian Wells e Miami em semanas consecutivas.

O sérvio estava na melhor forma da sua carreira nessa fase e não temos visto nada de nível semelhante em 2014 pelo que não há nada que nos indique que ele se prepara para repetir a "dobradinha" do mês de Março de novo.

Djokovic voltou a ser sorteado com Federer - desta feita será na Meia-Final - e ele poderá também medir forças com Andy Murray logo nos Quartos de Final, se o fora de forma britânico chegar tão longe, o que tem de ser seriamente questionado avaliando o seu horrível desempenho na Califórnia.

Já Federer deve começar a sentir-se um pouco desgastado após 11 encontros em apenas duas semanas, e também não vence este título desde o longínquo ano de 2006, aliás nem sequer voltou a uma Final desde então.

Murray tem por hábito sair-se bem neste torneio que lhe apresenta condições bem mais familiares, mas a sua forma foi tão baixa na semana passada que as questões em relação à sua capacidade para voltar ao mais alto nível têm de ser aumentadas por esta altura após a cirurgia às costas. 

O escocês tem o tempo do seu lado, mas parece altamente improvável que tenha melhorado tanto em uma semana a ponto de entrar na discussão daquele que seria o seu terceiro título em Miami e o seu ranking pode voltar a ressentir-se se ele falhar a defesa dos 1000 pontos aqui conquistados no ano anterior.

Andy desceu para o oitavo posto do ranking mundial e não parece estar nas melhores condições para melhorar essa situação no curto prazo.

De qualquer das formas, nessa carregada secção baixa do quadro estão David Ferrer, que alcançou a Final no ano passado e que está a regressar de uma paragem por lesão esta semana, e ainda Jo-Wilfried Tsonga, Ernests Gulbis, Grigor Dimitrov, Richard Gasquet, Kei Nishikori e Kevin Anderson que tornam esta metade do quadro muito dura. 

Já a secção de cima parece ser a ideal para procurarmos por valor, com Nadal potencialmente vulnerável já com a cabeça na mudança para a terra batida e Tomas Berdych e Stan Wawrinka a poderem revelar-se boas opções a rondar os 21.0, com Juan Martin Del Potro muito provavelmente fora de forma para jogar a bom nível.

Marin Cilic também poderá ter uma palavra a dizer nesta secção a 70.0 na forma em que está actualmente, e emergir de entre um trio com Wawrinka e Berdych que tem boas chances de ir longe esta semana.

Berdych e Wawrinka estarão bem descansados após saídas prematuras de Indian Wells com as costas do suíço a serem problema na derrota para Anderson na Califórnia, enquanto que Berdych teve uma má exibição na derrota para Roberto Bautista-Agut.

O novo nº3 mundial Wawrinka tem um mau registo neste torneio, nunca conseguiu ultrapassar os oitavos de final e não estou certo de como estarão as suas costas após uma semana, por isso Berdych, que foi finalista em 2010 e Cilic, que chegou aos Quartos aqui no ano passado parecem ser as melhores opções.

melhorado serviço de Cilic dá-lhe maiores chances do que no ano anterior quando perdeu para Murray nos Quartos de Final e se tivesse sido capaz de manter o seu melhor nível poderia ter causado muitos mais problemas a Novak Djokovic do que apenas o roubo do set inaugural no embate em Indian Wells.

Tommy Haas jogou bem em Miami no ano passado e até eliminou Djokovic a caminho das Meias-Finais, mas o seu ombro está "tocado" e foi recentemente batido por Cilic no meeting de Zagreb.

Isner não é tão efectivo aqui como em Indian Wells, devido ao escasso ressalto de bola dos courts comparativamente com o deserto californiano, mas por outro lado será interessante ver como Alex Dolgopolov se irá apresentar após a paupérrima exibição diante de Federer que se seguiu a um óptimo momento de forma que o ucraniano ia evidenciando. 

Milos Raonic esteve muito mal em alguns momentos em Indian Wells aparentando estar com a cabeça noutro local, enquanto que Gael Monfils nunca passou dos Oitavos e tanto Delpo como Vasek Pospisil estão lesionados, portanto poderá sobrar para Jerzy Janowicz e Fabio Fognini a possibilidade de terem uma semana positiva nesta secção do quadro.  

Apesar de tudo, na minha opinião o valor está em Marin Cilic a um preço tão alto ou em Berdych que quererá emendar a pobre prestação de Indian Wells.

Apostas Recomendadas:
Tomas Berdych @ 21.0
Marin Cilic 67.0

in Apostas Betfair

atp, betfair

Partilhar "Sony Open 2014: Berdych e Cilic podem assumir nota de destaque em Miami" via:

Enviar Comentário

Comentário (0)