ONLINE
8
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

Ténis: Murray preparado para brilhar em Wimbledon


Ténis: Murray preparado para brilhar em Wimbledon
"Poderá duvidar-se do estado físico de Murray nesta altura, depois de ter abdicado de ir a Roland Garros, mas parece-me que isso deve ser visto mais como uma medida de precaução com vista ao ataque total à temporada de relva."

Depois de ter conquistado o título do Aegon Championship, Andy Murray está já de olhos postos nos "courts" de Wimbledon onde na temporada passada completou 13 partidas entre o torneio de Wimbledon e os Jogos Olímpicos de Londres.
 
Ao longo dessas treze partidas a sua qualidade de jogo em relva veio ao de cima, e não fosse um soberbo Roger Federer na Final de Wimbledon, e Andy Murray teria juntado à medalha de ouro, o título do GrandSlam britânico.
 
Poderá duvidar-se do estado físico de Murray nesta altura, depois de ter abdicado de ir a Roland Garros, mas parece-me que isso deve ser visto mais como uma medida de precaução com vista ao ataque total à temporada de relva.
 
E os apostadores estão conscientes do perigo que o jogador escocês será para toda a concorrência se estiver a bom nível. 4.9 é o valor atribuído a um potencial título de Murray, apenas superado por Novak Djokovic, avaliado a 2.94.
 
O tenista sérvio esteve mal na temporada de relva em 2012, porém havia triunfado em 2011 e será isso que o coloca como principal candidato ao título. Acontece que "Nole" chega a este torneio em circunstâncias parecidas com as de 2012.
 
O seu principal objectivo era conquistar o "Grand Slam de Carreira", no entanto voltou a falhar em Roland Garros. Foi por pouco, é certo, mas as mazelas mentais poderão ser difíceis de superar.
 
A sua qualidade em relva é inquestionável e jogadores como Rafael Nadal não conseguem colocar-lhe as mesmas dificuldades que impõem em terra batida.
 
O espanhol cumpriu aquele que era o seu principal objectivo do ano, defender o título de Roland Garros, e agora surge muito mais liberto para encarar o restante da temporada.
 
"Rafa" terá dificuldades naturais em relva, pois não possui um serviço demolidor e terá maiores dificuldades em segurar as bolas bem colocadas, ainda assim é claramente um dos favoritos com quotas de 5.0.
 
Roger Federer também chega a Wimbledon à procura da redenção na presente temporada. A sua participação em Roland Garros terminou de forma nada normal após uma exibição verdadeiramente ridícula diante de Jo-Wilfried Tsonga.
 
O helvético não parecia estar com a cabeça no "court" e voltou a demonstrar que a sua consistência de outrora é cada vez mais uma miragem.
 
Mas em Wimbledon as suas pancadas fabulosas valem mesmo muitos pontos devido à maior velocidade do piso e, assim sendo poderá ter uma palavra a dizer na renovação do título conquistado em 2012. Foi o sétimo da carreira em Londres.
7.0 é o valor atribuído ao detentor do título.
 
Do leque de "out-siders" o destaque vai para Jo-Wilfried Tsonga que tem por hábito dar-se bem em Wimbledon, de que são prova as duas Meias-Finais alcançadas em 2011 e 2012.
 
Ora, depois de ter ficado à porta da Final em dois anos consecutivos, é legítimo que o gaulês aponte uma vez mais à Final do torneio, para o qual é avaliado a 27.0.
 
Jogar Ténis em relva pode ser por vezes menos apelativo do aspecto físico do que em terra batida, no entanto este tipo de piso privilegia os jogadores dotados de pancadas decisivas. Os sete títulos de Roger Federer em 10 anos são o exemplo claro de que o aspecto físico não é tão decisivo em relva.
 
Jogadores como Federer, Murray ou Tsonga beneficiam dessa característica para se aproximarem do nível de Novak Djokovic e Rafael Nadal. Deste modo, é legítimo dizer-se que este será um dos GrandSlams mais imprevisíveis do circuito, pois depende muito da inspiração dos jogadores e não tanto da sua persistência no fundo do "court".
 
  in Apostas Betfair
atp, betfair

Partilhar "Ténis: Murray preparado para brilhar em Wimbledon" via:

Enviar Comentário

Comentário (0)