ONLINE
3
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

Mundial 2014: França invicta para fazer frente ao Campeão Mundial


Mundial 2014: França invicta para fazer frente ao Campeão Mundial
O sucessor de Blanc, Didier Deschamps, seu antigo companheiro de equipa e capitão da selecção francesa que venceu o Mundial de 1998 e o Europeu de 2000, voltou a mostrar como é um bom treinador.

Actualmente a França controla o seu próprio destino no Grupo I, mas pode perdê-lo se perder contra a Espanha na terça-feira à noite. James Horncastle faz a antevisão deste encontro crucial, de fazer água na boca...

Ao longo dos seus dois anos de comando, entre 2010 e 2012, Laurent Blanc esforçou-se por tornar a França mais parecida com a Espanha. Queria que os "Les Bleus" tomassem os tons da "La Roja".
 
Como filosofia, parecia funcionar bem. A França ultrapassou a Inglaterra num jogo amigável em Novembro de 2010. Venceu o Brasil na primavera e depois a Alemanha em Bremen, pouco antes do Euro 2012. Tudo isto foi bastante impressionante. Entrarem nesse torneio com uma sucessão de 21 jogos sem derrotas e estavam, compreensivelmente, entre os favoritos para vencer a competição.
 
Mas quando confrontados com a Espanha nos quartos de final, a equipa à imagem da qual Blanc tinha construído a sua foi demasiado irresistível para os gauleses, que encaram esse encontro com respeito a mais sobre o seu adversário.
 
A França foi eliminada em Donetsk. Blanc demitiu-se e o estado de espírito da selecção nacional foi-se abaixo mais uma vez. Não melhorou com certeza quando souberam que a França tinha sido sorteada para o mesmo grupo que a Espanha para a qualificação do Mundial de 2014 no Brasil.
 
Avancemos até ao dia de hoje e vejamos como é impressionante a diferença que nove meses fazem. A França lidera o Grupo I e tem o destino nas suas mãos antes da visita da Espanha ao Stade de France na terça-feira à noite(20.00), para aquele que será provavelmente, um jogo decisivo.
 
O sucessor de Blanc, Didier Deschamps, seu antigo companheiro de equipa e capitão da selecção francesa que venceu o Mundial de 1998 e o Europeu de 2000, já mostrou como é um bom treinador.
 
Depois de levar o Mónaco a uma improvável final da Liga dos Campeões em 2004, de trazer a Juventus de volta à Serie A na primeira tentativa em 2007, e depois de dar ao Marselha, em 2010, o seu primeiro título na liga em 18 anos, está a efectuar o seu próximo pequeno milagre.
 
O empate 1-1 com a Espanha em Outubro passado no Vicente Calderon em Madrid, um jogo que os homens de Deschamps mereceram ganhar em vez de terem só aquele resultado graças ao golo de igualdade de Olivier Giroud nos descontos, foi aclamado pelo L'Equipe como tendo sido provavelmente a melhor exibição da equipa francesa desde que derrotaram a Itália por 3-1 em Setembro de 2006.
Isto dá a Deschamps e aos seus jogadores coragem antes do jogo de terça-feira à noite.
 
Os resultados de sexta-feira passada também, já que a França venceu a Geórgia por 3-1, enquanto a Espanha empatou inesperadamente com a Finlândia por 1-1 em Gijon.
Este deslize deixa a Espanha dois pontos atrás da França, quando atravessam os Pirenéus em direcção a Paris para jogar contra eles.
 
O guarda-redes Iker Casillas, o defesa Carles Puyol e o médio Xavi não fazem parte da equipa por estarem lesionados. Alba, o jogador que contribuiu para a queda da França no Euro 2012 está em dúvida. David Silva está suspenso.
 
No entanto, esta equipa é tão forte e a sua reputação é tal que o mercado ainda a tem como favorita para ganhar no Stade de France. A Espanha vai ter de trabalhar se quiser voltar a ganhar controlo do seu destino nesta qualificação.
 
Podes apostar a favor do seu triunfo a 2.4, um bom preço tendo em conta que esta geração de jogadores ganhou aqui 2-0 em 2010. No entanto, estou mais tentado a apostar a favor do Empate a 3.4.
 
As equipas de Deschamps são pragmáticas. A sua filosofia de treino deve-se muito ao tempo que passou como jogador em Itália e mesmo que até agora a sua França não tenha sofrido golos apenas num jogo - e foi fora contra a Finlândia - mantém-se invicta em competição com o novo treinador, tendo marcado também em todos os jogos.
 
Ora, se a França tem marcado sempre a questão que se coloca é avaliar quem será um dos marcadores. Benzema 3.9 e Giroud 4.1 são os principais candidatos.
 
Mas porque não apostarmos em vez disso em Mathieu Valbuena? O extremo direito tem sido notável sob as ordens de Deschamps.
 
Envolvido em todos os golos contra a Geórgia, contribuindo com duas assistências e marcando um golo ele próprio, o minúsculo Valbuena marcou em cada um dos últimos três jogos da França, incluindo amigáveis contra a Itália e a Alemanha. Podes apostar a favor dele a 7.0 para fazer o quarto seguido. Tem uma bonita simetria, não achas?
 
Apostas Recomendadas:
Aposta a Favor do Empate @ 3.4

Aposta a Favor de Mathieu Valbuena Para Marcar a 7.0 


  in Apostas Betfair
espanha, frança, mundial 2014

Partilhar "Mundial 2014: França invicta para fazer frente ao Campeão Mundial" via: