ONLINE
88
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

Ténis: Como analisar correctamente o histórico de confrontos (H2H)


Ténis: Como analisar correctamente o histórico de confrontos (H2H)
O h2h é apenas um dos múltiplos factores que se deve considerar para analisar um jogo na procura da melhor aposta.

Ao analisar um jogo de ténis é bastante comum encontrar-se um historial de anteriores confrontos com um balanço favorável para um determinado jogador, mas isso não é suficiente.
 
Tal e como comentei em outros textos, analisar o histórico de confrontos anteriores entre dois jogadores (head to head em inglês: h2h) pode ser um bom começo para identificar circunstâncias que podem servir para realizar apostas com maior critério. Mas para que este factor possa ser realmente relevante é preciso valoriza-lo tendo em conta diferentes perspectivas, e para isso convém ter em consideração uma série de factores:
 
 Não focar-se unicamente no número de vitórias, mas sim nas superfícies onde essas vitórias foram alcançadas. Imaginemos um h2h de 8-3, com 5 das 8 vitórias produzidas em torneios de piso duro e 3 em relva. As três vitórias do outro jogador aconteceram em torneios disputados em terra batida. O confronto será daqui a umas horas e será no Masters de Montecarlo, cenário preferido dos jogadores especialistas em terra batida, em quem apostarias com base no h2h? Definitivamente pelo jogador que perde o h2h 8-3 mas que ganhou as 3 vezes que estes jogaram em terra batida.
 
 Analisar as datas dos jogos, já que terão uma maior validade os jogos jogados recentemente do que os mais antigos. Vamos pensar no exemplo real do h2h entre Rafa Nadal e James Blake, que ficou 4-3 a favor do espanhol. Ao olhar para estes registos talvez possamos pensar que, ao analisar um confronto entre estes dois jogadores, que apostar no Blake poderia ser uma boa ideia. Depois de observar cuidadosamente o h2h podemos comprovar que as 3 vitórias de Blake foram alcançadas nos seus 3 primeiros confrontos, entre 2005 e 2006, quando o tenista espanhol começava a destacar-se mas ainda não era o nº1 que chegou a ser posteriormente. 
Por outro lado, as quatro vitórias de Nadal foram entre 2008 e 2009, quando este já era um jogador muito mais completo e com mais experiência em todas as superfícies. Claramente têm muito mais peso na análise os últimos quatro jogos com vitórias de Nadal que os três primeiros nos quais Blake venceu.
 
 Ter em consideração a categoria dos torneios nos quais foram obtidos os resultados anteriores. Serão muito mais importantes na análise dos jogos, aqueles que se tenham disputado em torneios de similar categoria ao que estejamos a analisar. Pode acontecer que num h2h 4-4 um jogador tenha ganho sempre em ATP250 e o outro em Grand Slams. 
Este facto, sem dúvida, implica que o jogador que ganha nos Grand Slams, torneios muito mais importantes do que os ATP250, tem maior qualidade e nível de jogo que o outro jogador. Quando se esforça ao máximo, como acontece nesses torneios, costuma ganhar ao seu rival, que ganha em competições menores nas quais normalmente os melhores tenistas não dão o máximo do seu esforço.
 
O h2h é apenas um dos múltiplos factores que se deve considerar para analisar um jogo na procura da melhor aposta, mas quando é verdadeiramente relevante, é sem dúvida um dos mais importantes. Assim, é necessário aplicar o que foi descrito nos parágrafos anteriores para que as conclusões sejam válidas, e não nos devemos deixar levar simplesmente por uns números destacados a favor de um dos jogadores.
 
* Texto da autoria de Sheyk

  in Apostas Betfair

Tennis Head-to-Head já disponível na Academia das Apostas:

Desde Novembro de 2012 que também já é possível comparar jogadores e duplas de ténis.
Função disponível em: academiadasapostas.com/stats/tennis/player_search


A nossa base de dados foi alargada ao ténis, e tem todos os jogos a partir de 2010 (inclusivé).
Estamos a trabalhar para que as tabelas de estatísticas deixem de ser versão beta.
betfair, h2h, ténis, trading em ténis

Partilhar "Ténis: Como analisar correctamente o histórico de confrontos (H2H)" via:

Enviar Comentário

Comentário (0)