ONLINE
0
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

Profissão: Apenas Apostador - JORNAL A BOLA


Profissão: Apenas Apostador - JORNAL A BOLA
Paulo Rebelo tem 30 anos e vive unicamente das apostas que faz. E não vive mal...

Paulo Rebelo tem 30 anos e quando acabou o curso de gestão na Faculdade de Economia da Universidade do Porto optou por não aceitar qualquer proposta de emprego que teve porque nenhuma delas conseguia pagar o que já ganhava com o que tirava com as apostas que fazia.

Hoje tem uma casa no Porto, outra em Madrid e uma outra ainda em Londres e dá-se ao luxo de passear de Ferrari 355, tudo com o que ganhou nas apostas. No entanto, Paulo faz parte da fatia de jogadores que invoca e transporta conhecimento científico para o que faz para ganhar a vida.

“Não decidi de um dia para o outro ser profissional. Fui ganhando dinheiro de forma cada vez mais consistente até poder fazer essa opção. Como trabalhamos com probabilidades e fazemos apostas com valor, testamos hipóteses e teorias para poder apostar com o menor risco possível”, afirmou na apresentação do se livro Ganhar com as Apostas Desportivas, que decorreu esta quarta-feira, na Bertrand do Chiado, em Lisboa. A verdadeira explicação para o seu sucesso, Paulo deu-a mais tarde: “ As minhas grandes apostas são em tempo real, nas mais-valias de vendas das apostas que faço durante o jogo. Numa bolsa de apostas, que funciona exatamente da mesma maneira como uma bolsa de ações, como o PSI-20 ou a Euronext.”

No seu livro, Paulo Rebelo dá truques e dicas para quem quer experimentar as apostas e alerta logo desde o início: não imponha objectivos ou quantifica os ganhos desejados. É meio-caminho para grandes desilusões. Em relação à possível boa entrada de Portugal no Euro, o jogo com a Alemanha não ajuda. “As perspetivas não são as melhores, mas se há coisa que Portugal tem melhor é a facilidade de marcar golos de bola corrida”, adiantou. Fica a dica…

Entrevista completa:

jornal-a-bola-20120608_big

entrevista

Partilhar "Profissão: Apenas Apostador - JORNAL A BOLA" via:

Enviar Comentário

Comentários (9)


  1. El Chino 08 Jun 2012 - 19:14
    Como compro sempre abola todos os dias já li a pequena reportagem , mais uma vez Paulo sempre em altas 
  1. ramisote 08 Jun 2012 - 20:28
    Parece Deus!!! Tá em todo lado!!
    Ou então parece os marroquinos do Algarve que vendem flores! Tão em todo o laaaaaaaaaaaaaado!!!!
  1. Daniel Esteves 08 Jun 2012 - 20:35
    Superstar 
  1. jpvfjpvf 08 Jun 2012 - 20:36
    O titulo que dão à entrevista está muito boa. "Profissão: Apenas Apostador"
  1. Tiago Tomas 08 Jun 2012 - 20:41
    jpvfjpvf escreveu:
    O titulo que dão à entrevista está muito boa. "Profissão: Apenas Apostador"

    apenas porque só faz isso.. é a unica profissao dele... deve de ser esse o contexto
  1. PJPP 08 Jun 2012 - 20:46
    vais tirar lugar ao animal ( emplastro)
  1. NunoAfonsoMatos 08 Jun 2012 - 20:48
    Tiago escreveu:
    jpvfjpvf escreveu:
    O titulo que dão à entrevista está muito boa. "Profissão: Apenas Apostador"

    apenas porque só faz isso.. é a unica profissao dele... deve de ser esse o contexto
    Dúvido...
  1. Paulo Rebelo 08 Jun 2012 - 21:06
    Agradeço ao Pedro Figueiredo da Bola que nos fez uma visita guiada ao jornal.

    Estas são as fotos tiradas na Bola TV com o nosso Rafa.



  1. Paulo Rebelo 08 Jun 2012 - 21:11
    NunoAfonsoMatos escreveu:
    Tiago escreveu:
    jpvfjpvf escreveu:
    O titulo que dão à entrevista está muito boa. "Profissão: Apenas Apostador"

    apenas porque só faz isso.. é a unica profissao dele... deve de ser esse o contexto
    Dúvido...

    Eu também gostei do título.
    Este "apenas" é porque não seria de esperar que alguém fosse "apenas" apostador.
    Apostadores há muitos. Apostador profissional (e consequentemente; "apenas" apostador) é uma realidade que a sociedade portuguesa ainda não está acostumada.