ONLINE
4
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

As Ações e as Apostas

As Ações e as Apostas
Crónica de Paulo Rebelo na Revista Remate (suplemento do Jornal “O Jogo”) - 28 Abril 2012

"Numa bolsa de apostas não tenho que saber qual é a aposta vencedora, apenas tenho que prever em que sentido irá variar a aposta."

O 6º Número da Revista REMATE saiu com o Jornal O JOGO de dia 28 de Abril de 2012.

Mais uma crónica do Paulo Rebelo preenche as páginas centrais da primeira revista direccionada para as Apostas Desportivas em Portugal.

Existe um espaço no fórum (link) para que os leitores da revista, assim como os frequentadores activos do nosso fórum, possam colocar sugestões sobre temas que gostariam que o Paulo abordasse em artigos nas próximas edições da revista.

A Crónica:

Comecei a minha carreira nas apostas já há quase uma década. Nessa altura eu era trader na bolsa de ações e as apostas tinham acabado de ser introduzidas em Portugal pela, na altura denominada, BetAndWin. Fui fã desde o início e conseguir ganhar dinheiro fazendo apostas simples como por exemplo: “Eu julgo que a Académica vai vencer o Rio Ave”.

Quando vi a Betfair pela primeira vez percebi que também podia fazer apostas simples, como nas outras casas de apostas, mas com duas grandes vantagens. Em primeiro lugar, o prémio que ganhava pela mesma aposta que fazia era maior e em segundo lugar podia ganhar dinheiro apenas com a variação da aposta sem ter que esperar pelo final do jogo!

Estava perante uma bolsa de apostas!

Fiz de imediato a analogia com o mercado de ações.

Tal como não tenho que saber qual é a melhor ação disponível na bolsa de ações , numa bolsa de apostas não tenho que saber qual é a aposta vencedora, apenas tenho que prever em que sentido irá variar a aposta o que simplifica muitíssimo o trabalho e aumenta a rentabilidade esperada.

Quando faço trading em bolsa compro uma ação porque julgo barata e espero vendê-la a um preço mais caro no curto prazo. Não importa quanto é que vai valer a ação daqui a 10 anos, embora faça uma ideia. De forma semelhante, quando compro (apostar contra) uma aposta faço-o porque acho que essa aposta está barata (odd baixa) e espero vendê-la (apostar a favor) mais cara (odd mais alta) no curto prazo. Não importa como vai acabar o jogo, embora faça uma ideia.

É a oferta e a procura por parte do mercado que determina o preço equilíbrio de uma ação a cada momento, tal como é a mesma lei que define o preço (odd) a que se transacciona uma aposta a cada instante do jogo.

Os traders profissionais dispõem de ferramentas (softwares) muito idênticas para analisar e ajudar a prever ambos os mercados.

Antes de comprar uma ação tenho de efetuar uma análise fundamental (o valor da empresa) e uma análise técnica (a conjuntura do mercado). De forma semelhante, antes de comprar uma aposta faço uma análise ao jogo para descortinar qual das equipas está a jogar melhor (análise fundamental) e faço uma análise ao mercado para saber qual a tendência do mesmo (análise técnica).

Uma ação é considerada um ativo financeiro e o mercado de ações um mercado de concorrência perfeita. De igual modo, defendo que uma aposta é um ativo financeiro que pode ser transacionado numa bolsa de apostas que funciona em concorrência perfeita.

Ainda não é pacifica esta designação pois estamos a falar de algo ainda relativamente recente. No entanto, a minha aposta sobre este tema é que, no médio prazo, as apostas serão consideradas um ativo financeiro (reguladas e protegidas quanto tal) e o estudo das apostas será elevado à categoria de estudo científico conquistando um lugar nas universidades, por exemplo.

remate-cronica-pr6-p1


remate-cronica-pr6-p2

Download em PDF.

cronica, o jogo, paulo rebelo, remate, revista

Partilhar "As Ações e as Apostas" via: