ONLINE
1
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
United States, the best promotions, bonuses and bookmakers available at:
Take these offers now!

Fazer uma sociedade com um amigo

Fazer uma sociedade com um amigo
Crónica de Paulo Rebelo na Revista Remate (suplemento do Jornal “O Jogo”) - 25 Fevereiro 2012

"Está indeciso entre entrar ou não para o mundo das apostas?
Experimente fazer uma sociedade com um amigo!"
por Paulo Rebelo   |   comentários 0

O 4º Número da Revista REMATE saiu com o Jornal O JOGO de dia 25 de Fevereiro de 2012.

Mais uma crónica do Paulo Rebelo preenche as páginas centrais da primeira revista direccionada para as Apostas Desportivas em Portugal.


Existe um espaço no fórum (link) para que os leitores da revista, assim como os frequentadores activos do nosso fórum, possam colocar sugestões sobre temas que gostariam que o Paulo abordasse em artigos nas próximas edições da revista.

A Crónica:

Traz muitas vantagens. Posso confidenciar-vos que conheço vários casos de sucesso no mundo das apostas que se iniciaram assim.

Desde logo, a maior vantagem que identifico é a disciplina que traz o facto de estar associado a alguém. Um dos maiores problemas com que os apostadores (sobretudo os mais novos) se deparam é com a falta de disciplina que é potenciada em caso de perda. Apostas que não fazem sentido e cuja única justificação é recuperar rapidamente o dinheiro perdido têm um valor esperado negativo. Numa sociedade é menos provável cometer estes erros, desde logo porque terá que justificar ao seu colega as apostas que fez em nome dos dois.

Apostar em sociedade pode ser ainda mais divertido e reforçar os laços de amizade com o seu sócio. Irão passar por “aventuras” juntos e terão histórias incríveis para contar, daquelas que passam a todos os apostadores como quando o guarda-redes marcou o golo no último minuto e fez com que ganhassem a aposta.

O processo de aprendizagem tende a ser mais rápido quando está em sociedade. O melhor que lhe pode acontecer é que o seu sócio tenha o perfil de apostador oposto do seu. Terão disponíveis duas formas distintas de analisar as oportunidades que se apresentam. Irá enriquecer o seu perfil de apostador absorvendo algumas das capacidade do seu sócio.

No entanto, a maior parte das sociedades que conheço acabam por se separar após um certo ponto. Quando se atinge um certo nível de resultados começa cada um a querer testar as suas próprias estratégias. A sociedade foi útil para o lançamento e para acelerar o processo de aprendizagem, mas o apostador profissional é um trabalhador que toma as suas decisões sozinho.

REGRAS PARA UMA SOCIEDADE FUNCIONAR
  1. Ambos os membros têm de ter total confiança no seu parceiro.
  2. Perante dois pontos de vista diferentes não tem que haver alguém com razão. As apostas não são uma ciência absoluta.
  3. Cada membro deverá fazer um esforço para compreender o perfil de apostado do sócio e melhorar o seu perfil à conta disso.
  4. As apostas tomadas individualmente devem ser justificadas ao parceiro.
  5. Os sócios deverão estar cientes que a sociedade é muito útil no início e que chegará a uma altura em que, provavelmente, será melhor para ambos seguirem o seu processo de crescimento sozinhos.

fazer-sociedade-com-amigo-p1


fazer-sociedade-com-amigo-p2

Download em PDF.



, , , ,

Partilhar "Fazer uma sociedade com um amigo" via: