ONLINE
5
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
United States, the best promotions, bonuses and bookmakers available at:
Take these offers now!

Prognóstico Servette São Gallen


Sugestão de Aposta:

Este será um jogo onde só a vitória interessará a ambas as equipas. Na corrida pela Liga Europa, o Servette surge pressionado por Luzern e Zurique, enquanto que o Sankt Gallen já perdeu a liderança isolada, mas segue lado a lado com o Young Boys na luta pelo título. Sendo ambas as equipas dois conjuntos com dinâmicas ofensivas muito interessantes, porém com várias lacunas defensivas, espera-se uma partida emocionante e com oportunidades de golo para os dois lados.
Há mais sugestões gratuitas de apostas, vê TODOS os prognósticos futuros disponíveis!

Previsão

Servette e Sankt Gallen medem forças no Stade de Genève, num jogo para a 30ª jornada da Super League. No último confronto direto para esta edição da liga, a 20‑10‑2019, o Sankt Gallen ganhou fora por (1‑2). O registo de confrontos diretos recentes favorece a equipa visitante, que nos últimos 3 jogos ganhou 3. O anterior confronto direto entre estas duas equipas, a 09‑02‑2020, terminou com a vitória do Sankt Gallen por (1‑0). É necessário analisar com atenção especial a condição casa/fora, pois o Servette apresenta resultados diferentes em casa e fora.

Análise Servette

Depois de 10 vitórias, 7 empates e 6 derrotas, a equipa da casa está na 4ª posição, tendo conquistado 37 pontos. No último jogo, empatou com o Basel fora por (2‑2), depois de no jogo anterior ter ganho (4‑1) em casa, num jogo contra o Zurich. Esta é uma equipa afetada pelo fator casa, mais forte quando joga com o apoio dos seus adeptos, já que nos últimos 30 jogos regista 6 vitórias, 4 empates e 5 derrotas como visitante, com 29 golos marcados e 18 sofridos; contra 10 vitórias, 3 empates e 2 derrotas no seu estádio, com 25 golos marcados e 10 sofridos. Nos últimos 10 jogos em casa para o campeonato o Servette regista 6 vitórias, 2 empates e 2 derrotas, pelo que conquistou 20 pontos em 30 possíveis.

Nesta prova, ganhou os últimos 5 jogos que disputou em casa. Nos encontros disputados no seu estádio para o campeonato, o resultado mais frequente no final dos primeiros 45' foi o 0‑0, que se verificou em 6 dos seus 11 jogos. A solidez defensiva não tem sido o seu ponto forte, já que sofreu golos em 7 dos últimos 10 jogos, mas o seu ataque tem marcado com regularidade, já que marcou golos em 8 dos últimos 10 jogos para esta competição. Em 23 jogos nesta prova, sofreu o primeiro golo 10 vezes e apenas conseguiu 1 reviravolta. Nos últimos 11 jogos em casa para esta competição há 1 período que se destaca: marcou 8 dos seus 17 golos entre os minutos (61'‑75').

Em ano de regresso ao principal escalão do futebol suíço, dificilmente o Servette poderia esperar uma campanha melhor. À entrada para a jornada 30 do campeonato, a equipa comandada pelo técnico Alain Geiger ocupa a 4.ª posição na tabela classificativa, com 44 pontos, que conferem uma desvantagem de apenas cinco pontos para o Basileia e um avanço de dois sobre o Zurique e de três perante o Luzern. Na passada quarta-feira, o Servette pôs um ponto final numa sequência de seis jogos consecutivos sem triunfar, ao levar de vencida o Luzern, por 2-0, em casa. Schalk (4’) e Stevanovic (43’) foram os marcadores dos golos num jogo onde a equipa de Geiger ficou reduzida a 10 unidades no período de descontos da primeira parte, devido à expulsão de Schalk. No segundo tempo, o Servette baixou as suas linhas e conseguiu manietar bem a tarefa de criação ofensiva do adversário, saindo de campo com os três pontos no bolso.

Onze titular confirmado: Jeremy Frick, Dennis Iapichino, Christopher Routis, Anthony Sauthier, Vincent Sasso, Miroslav Stevanović, Gaël Ondoua, Boris Cespedes, Kastriot Imeri, Timothé Cognat, Grejohn Kyei.
Treinador: A. Geiger.

Análise São Gallen

Depois de 14 vitórias, 3 empates e 6 derrotas, a equipa visitante está na 1ª posição, tendo conquistado 45 pontos. No último jogo, empatou com o Young Boys em casa por (3‑3), depois de no jogo anterior ter perdido fora, num jogo contra o Luzern, por (1‑0). Esta é uma equipa pouco afetada pelo fator casa, isto é, apresenta resultados semelhantes em casa e fora, já que nos últimos 30 jogos regista 8 vitórias, 1 empate e 6 derrotas como visitante, com um total de 32 golos marcados e 26 sofridos; contra 9 vitórias, 2 empates e 4 derrotas no seu estádio, com um total de 35 golos marcados e 23 sofridos. A equipa chega a este encontro depois de uma vitória em casa com o Wil por (4‑1). Para o campeonato, o Sankt Gallen conquistou 19 pontos em 30 possíveis, depois de 6 vitórias, 1 empate e 3 derrotas nos últimos 10 jogos que disputou como visitante. Nos jogos disputados como visitante verificam‑se alguns resultados mais frequentes: no final dos primeiros 45' 0‑1 (4 em 12 jogos) e no final do jogo 1‑2 (4 em 12 jogos). A solidez defensiva não tem sido o seu ponto forte, já que sofreu golos em 9 dos últimos 10 jogos, mas o seu ataque tem marcado com regularidade, já que marcou golos em 9 dos últimos 10 jogos para esta competição. Nos seus jogos fora para esta competição há uma tendência para haver golos, já que 9 em 11 terminaram com Mais de 2,5 golos no marcador. Em 23 jogos nesta prova, conseguiu dar a volta ao resultado em 3 dos 8 jogos em que sofreu o primeiro golo.

Intrometido de forma muito credível na luta pelo título de campeão nacional, o Sankt Gallen chega a esta jornada na vice-liderança da tabela de classificação geral, porém em igualdade pontual (58) com o líder e campeão em título Young Boys. A vantagem de nove pontos relativamente ao Basileia cinge a corrida pelo título aos dois primeiros classificados, aumentando as chances de sucesso do conjunto liderado pelo alemão Peter Zeidler. Depois de uma série com três vitórias consecutivas (contra Thun, por 3-2, Neuchâtel Xamax, por 1-2, e Sion, por 2-1), o Sankt Gallen tropeçou na passada quinta-feira, ao não conseguir melhor que somar um ponto na deslocação ao reduto do Lugano (3-3). Quintilla (26’), Victor Ruiz (39’) e Demirovic (54’) foram os marcadores de serviço, num jogo com várias alterações no marcador, mas onde o Sankt Gallen nunca esteve em desvantagem, apesar de não ter conseguido a liderança em duas ocasiões.

Onze titular confirmado: Lawrence Ati, Leonidas Stergiou, Vincent Rufli, Jordi Quintillà, Miro Muheim, Alessandro Kräuchi, Betim Fazliji, Victor Ruiz, Cédric Itten, Jérémy Guillemenot, Ermedin Demirović.
Treinador: P. Zeidler.

Há mais sugestões gratuitas de apostas, vê TODOS os prognósticos futuros disponíveis! NOTA: Valores estatísticos limitados aos jogos da nossa base de dados.
Perguntas frequentes

👉 Em que estádio vai ser disputado o Servette Sankt Gallen?

O Servette vs Sankt Gallen de 12 Julho 2020 vai ser disputado em Carouge, Stade de Genève.

👉 Qual a aposta mais votada para este jogo?

A aposta mais votada pelos tipsters da Academia das Apostas, no jogo Servette Sankt Gallen, para o mercado "probabilidades", foi a vitória do Sankt Gallen na com 81% de tips.


Comentários no Fórum

 

Super League - 2019/2020

  • 100% 180 / 180 Jogos

  • Vitórias equipa Casa 44.44%
  • Empates 25%
  • Vitórias equipa Fora 30.56%
  • Mais de 1,5 80.56%
  • Mais de 2,5 59.44%
  • Mais de 3,5 37.22%
  • Golos 541
  • Golos /jogo 3.01
  • Golos /jogo casa 1.66
  • Golos /jogo fora 1.34
  • Ambas equipas marcam 56.11%
  • Golos depois 80' 15.16%
Ver tudo
Ainda sem Programação TV disponível para US (alterar)

Procurar Tips