ONLINE
6
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           
EUA VS Venezuela

EUA vs Venezuela

EUA
EUA
  • 1 - 1
  • Terminado

Venezuela

Previsão
Estados Unidos e Venezuela medem forças no Rio Tinto Stadium, num jogo amigável. Este é o 3º amigável do ano dos Estados Unidos, depois de amigáveis contra Jamaica e Sérvia. No caso da Venezuela, este é o seu 1º amigável do ano. Não há registo recente de confrontos diretos entre as duas equipas, que não se cruzaram nos últimos 3 anos. A última vez que se enfrentaram foi a 22‑01‑2012, num jogo que acabou com o resultado final: Estados Unidos (1‑0) Venezuela. Neste encontro o fator casa poderá ter um papel decisivo, pois a Venezuela tem apresentado diferenças de rendimento nos seus jogos em casa e como visitante.

Análise do Estados Unidos

Este é o 3º amigável do ano da equipa da casa, depois de nos amigáveis anteriores ter registado os seguintes resultados: Estados Unidos (1‑0) Jamaica e Estados Unidos (0‑0) Sérvia. Esta é uma equipa pouco afetada pelo fator casa, isto é, apresenta resultados semelhantes em casa e fora, já que nos últimos 30 jogos regista 6 vitórias, 4 empates e 5 derrotas como visitante, com 26 golos marcados e 24 sofridos; contra 9 vitórias, 2 empates e 4 derrotas no seu estádio, com 29 golos marcados e 11 sofridos. A equipa chega a este encontro depois de um empate fora com o Panama por (1‑1). Nos últimos 10 jogos disputados em casa para todas as competições, os Estados Unidos ganhou 5, empatou 2 e perdeu 3. O seu ataque tem marcado regularmente, já que conseguiu concretizar em 8 dos últimos 10 jogos. Em 15 jogos disputados, nunca conseguiu dar a volta ao marcador nos 4 jogos em que sofreu o primeiro golo.

Os Estados Unidos entram neste encontro depois de um empate, a uma bola, frente ao Panamá. O clube da casa costuma atuar num 4-4-2, privilegiando um estilo de jogo mais rápido, de constantes transições. Neste desenho, os dois intervenientes habitualmente escolhidos para atuarem na linha da frente são Altidore e Dempsey, sendo que o primeiro é um jogador mais possante e o segundo é um interveniente mais tecnicista. Ainda assim, por ser um embate amigável, adivinha-se que o treinador dos Estados Unidos opte por dar oportunidade a jogadores menos utilizados, como Bedoya, Acosta e Arriola.

Onze titular confirmado: T. Howard, G. Cameron, D. Yedlin, J. Villafaña, J. Brooks, F. Johnson, C. Pulisic, M. Bradley, D. Nagbe, B. Wood, C. Dempsey.

Análise do Venezuela

Este é o primeiro amigável do ano da equipa visitante, que disputou 5 no ano passado. Nestes amigáveis registou os seguintes resultados: Guatemala (1‑1) Venezuela, Costa Rica (2‑1) Venezuela, Panama (0‑0) Venezuela, Galicia (1‑1) Venezuela e Venezuela (1‑0) Costa Rica. Esta é uma equipa afetada pelo fator casa, mais forte quando joga com o apoio dos seus adeptos, já que nos últimos 30 jogos regista 2 vitórias, 5 empates e 8 derrotas como visitante, com um total de 13 golos marcados e 29 sofridos; contra 4 vitórias, 5 empates e 6 derrotas no seu estádio, com um total de 21 golos marcados e 25 sofridos. A equipa chega a este encontro depois de uma derrota fora com o Chile por (3‑1). Nos últimos 10 jogos disputados fora para todas as competições, a Venezuela ganhou 2, empatou 2 e perdeu 6. A equipa permitiu golos ao adversário em 9 dos últimos 10 jogos, logo, há processos defensivos que precisam de ser melhorados. Em 15 jogos, nunca conseguiu dar a volta ao marcador nos 7 jogos em que sofreu o primeiro golo.

A Venezuela entra neste particular desmotivada depois de uma derrota, por 3-1, frente ao Chile. Contrariamente ao “inimigo” desta atuação, a Venezuela costuma atuar num 4-3-3, onde os três intervenientes mais avançados são Murillo, Rondón e Machís. O clube forasteiro quando investe no processo ofensivo, normalmente, fá-lo através do corredor esquerdo, aproveitando a profundidade oferecida pelo lateral esquerdo Fellscher. Um dos melhores jogadores da Venezuela é o médio campista da Juventus, Tomás Rincón.

Onze titular confirmado: J. Contreras, J. Velázquez, M. Villanueva, R. Quijada, P. Camacho, F. Flores, J. Murillo, J. Moreno, C. Santos, S. Rondón, D. Machís.

Sugestão de Aposta:

O cenário mais provável para este desafio será ambas as equipas marcarem, pelo menos, um golo. É certo que se espera uma partida controlada pelos caseiros, no entanto, a Venezuela tem jogadores com alguma qualidade, capazes de levar perigo, algumas vezes, à defensiva dos Estados Unidos. De salientar que aqui está presente a agravante de ser um encontro amigável, ou seja, o clube da casa pode atuar de uma forma mais relaxada.
NOTA: Valores estatísticos limitados aos jogos da nossa base de dados.
Não foram feitas Tips para este jogo.

Faz Tips e entra automaticamente nos nossos concursos mensais:


Comentários no Fórum

 

Friendlies - 2017

  • 85% 311 / 364 Jogos

  • Vitórias equipa Casa 48.23%
  • Empates 25.72%
  • Vitórias equipa Fora 26.05%
  • Mais de 1,5 72.99%
  • Mais de 2,5 47.59%
  • Mais de 3,5 25.4%
  • Golos 809
  • Golos /jogo 2.6
  • Golos /jogo casa 1.58
  • Golos /jogo fora 1.03
  • Ambas equipas marcam 46.62%
  • Golos depois 80' 9.15%

Zapping

C Hora  
20:15 Vila Real vs Porto
18:30 Galatasaray vs Bursa
23:15 CRB vs Goiás
Transmissão disponível para PT (alterar)

Procurar Tips