ONLINE
81
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           
Guatemala VS EUA

Previsão
Guatemala e Estados Unidos medem forças no Estadio Nacional Mateo Flores, num encontro para esta fase da WC Qualificação CONCACAF (4ª Eliminatória). O registo de confrontos diretos recentes favorece a equipa visitante, que nos últimos 4 jogos ganhou 3 e empatou 1. O anterior confronto direto entre estas duas equipas, a 04‑07‑2015, terminou com a vitória dos Estados Unidos por (4‑0). É necessária atenção especial para a condição casa/fora, já que ambas as equipas apresentam resultados significativamente diferentes nos seus jogos em casa e fora.

Análise do Guatemala

A equipa da casa chega a esta 3ª jornada do Grupo C na 3ª posição, com 3 pontos conquistados, depois de 1 vitória e 1 derrota. No seu primeiro jogo desta fase de grupos perdeu em casa contra Trinidade e Tobago por (1‑2). Na 2ª jornada, ganhou fora contra a St. Vincent / Grenadines por (0‑4). Esta é uma equipa mais forte quando joga no seu estádio, pois nos últimos 30 jogos regista 4 vitórias, 2 empates e 9 derrotas como visitante; contra 6 vitórias, 4 empates e 5 derrotas no seu estádio. No último jogo que disputou, para os Amigáveis Seleções, ganhou a El Salvador em casa por (1‑0). Nos últimos 10 jogos em casa a Guatemala regista 6 vitórias, 2 empates e 2 derrotas.

Em 15 jogos, sofreu o primeiro golo 8 vezes e apenas conseguiu 1 reviravolta. Há 1 períodos em destaque nos últimos 11 encontros disputados em casa para todas as competições: marcou 6 dos seus 15 golos entre os minutos (16'‑30').

Neste momento, a selecção guatemalteca está fora dos lugares de qualificação para a próxima fase, mas um simples empate pode permitir-lhe atingir esse patamar, embora seja conveniente vencer os Estados Unidos se não quiserem ficar dependentes de resultados de terceiros, no entanto um empate perante este adversário já seria um resultado interessante. A Guatemala perdeu em casa com a Trinidad e Tobago por 2-1 e venceu São Vicente e Granadinas, fora, por 4-0. Para esta jornada, Carlos Ruiz e José Manuel Contreras são as novidades, pois foram convocados pela primeira vez pelo novo treinador Walter Calverí.

Onze titular confirmado: P. Motta, C. Jiménez, M. Hernández, Rafael Morales, S. Cincotta, Hamilton López, J. Márquez, R. Saravia, J. Contreras, G. Tinoco, C. Ruíz.
Treinador: W. Claverí.

Análise do Estados Unidos

Depois de 1 vitória e 1 empate, a equipa visitante chega a esta 3ª jornada na 1ª posição do Grupo C, com 4 pontos conquistados. Na jornada anterior, empatou fora contra Trinidade e Tobago por (0‑0), depois de no primeiro jogo desta fase de grupos ter ganho por (6‑1) em casa contra a St. Vincent / Grenadines. Esta é uma equipa afetada pelo fator casa, mais forte quando joga com o apoio dos seus adeptos, já que nos últimos 30 jogos regista 5 vitórias, 5 empates e 5 derrotas como visitante, com um total de 19 golos marcados e 22 sofridos; contra 10 vitórias, 1 empate e 4 derrotas no seu estádio, com um total de 33 golos marcados e 15 sofridos. A equipa chega a este encontro depois de uma vitória em casa com o Canadá por (1‑0). Nos últimos 10 jogos disputados fora para todas as competições, os Estados Unidos ganhou 3, empatou 3 e perdeu 4.

A solidez defensiva não tem sido o seu ponto forte, já que sofreu golos em 7 dos últimos 10 jogos, mas o seu ataque tem marcado com regularidade, já que marcou golos em 8 dos últimos 10 jogos. Em 15 jogos, conseguiu dar a volta ao resultado em 4 dos 9 jogos em que sofreu o primeiro golo. Nos últimos 11 jogos fora para todas as competições há 2 períodos que se destacam: marcou 6 dos seus 16 golos entre os minutos (31'‑45'); sofreu 6 dos seus 17 golos entre os minutos (76'‑90').

Os Estados Unidos estão a realizar uma boa campanha nesta fase, pois lideram o Grupo C e precisam apenas de um empate para se manterem em zona de qualificação, no entanto a qualidade da equipa permite-lhes ir em busca da vitória e da consolidação da liderança do grupo. Nas suas duas partidas anteriores, a equipa goleou em casa São Vicente e Granadinas por 6-1 e empatou na Trinidad e Tobago sem golos. Para este embate, o treinador Jurgen Klinsmann promoveu uma convocatória sem surpresas.

Onze titular confirmado: T. Howard, O. González, E. Castillo, D. Yedlin, M. Orozco, G. Cameron, M. Diskerud, A. Bedoya, M. Bradley, B. Wood, C. Dempsey.
Treinador: B. Arena.

Sugestão de Aposta:

A formação norte-americana tem grande qualidade no seu plantel e deverá superiorizar-se ao adversário mesmo jogando fora de casa, e a tendência remete-nos para uma vitória confortável dos visitantes, logo uma aposta na vitória dos EUA parece ter grande valor.
NOTA: Valores estatísticos limitados aos jogos da nossa base de dados.
Não foram feitas Tips para este jogo.

Faz Tips e entra automaticamente nos nossos concursos mensais:


Comentários no Fórum

 

WC Qualification CONCACAF - 2018 Russia

  • 100% 112 / 112 Jogos

  • Vitórias equipa Casa 43.75%
  • Empates 24.11%
  • Vitórias equipa Fora 32.14%
  • Mais de 1,5 76.79%
  • Mais de 2,5 52.68%
  • Mais de 3,5 33.04%
  • Golos 321
  • Golos /jogo 2.87
  • Golos /jogo casa 1.64
  • Golos /jogo fora 1.22
  • Ambas equipas marcam 41.07%
  • Golos depois 80' 16.82%
Ver tudo

Zapping

C Hora  

Jogos terminados

01:45 Defensor Sp. vs Fluminense
19:45 Schweinfurt vs Schalke 04
20:30 Aves vs Tondela
23:15 Londrina vs Paysandu
Transmissão disponível para PT (alterar)

Procurar Tips