ONLINE
102
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

GP da Malásia: Protestos da RedBull podem tornar Vettel na melhor aposta do fim-de-semana


GP da Malásia: Protestos da RedBull podem tornar Vettel na melhor aposta do fim-de-semana
"Vê as probabilidades do Grande Prémio da Malásia, põe de lado as discussões sobre o consumo de combustível de Ricciardo e o valor é gritante. Vettel está a 15.0 para ser o vencedor, enquanto Ricciardo está com uns incríveis 29.0."

O multimilionário proprietário da Red Bull ameaçou deixar as corridas depois da sua nova estrela ter sido desqualificada. Ralph Ellis acha que esta pode ser a deixa para o tetra-campeão Sebastian Vettel começar a dar que falar nas pistas.

Mesmo depois de Sebastian Vettel ter corrido em todos os circuitos dos Grandes Prémios do mundo, não conseguimos esquecer que a Red Bull é na realidade uma companhia de bebidas. Não estou a ver nenhum miúdo a pensar que gostava de conduzir um Red Bull depois de tirar a carta, a não ser que queira ser piloto de corridas.

A marca pode ter tido grande destaque como a mais rápida da Fómula Um, mas esta foi só uma parte de um plano de marketing altamente sofisticado. Dá uma vista de olhos pelos canais de desporto à noite e vê os desportos radicais, com pessoas a fazerem asa delta, bungee jumping, parapente, windsurf ou o que seja que for, e quase todos os campeões têm o mesmo patrocinador.

Inclui ainda o Red Bull Salzburg e os New York Red Bulls, duas equipas de futebol em crescendo e torna-se claro que os patrocínios de desporto existem para vender latas de bebida e mais nada.

Dietrich Mateschitz, o inteligente homem de negócios austríaco que se tornou multimilionário ao descobrir a bebida numa viagem à Tailândia para vender pasta de dentes, é do mais implacável que existe. Se ele está avisar que pode deixar as corridas porque o seu novo piloto, Daniel Ricciardo, foi desqualificado do Grande Prémio da Austrália depois de ter terminado em segundo, eu estou inclinado a levá-lo a sério.
 
O recurso contra a desqualificação não será apreciado antes de 14 de Abril, o que significa que a corrida desta semana em Kuala Lumpur e a do próximo fim de semana no Bahrain já terão acontecido nessa altura. É absolutamente ridículo que algo tão importante demore tanto tempo.

A Red Bull tem razão em estar zangada, os seus sensores mostram que Ricciardo usou a quantidade correcta de combustível. E mais razão têm em questionar porque é que a F1 se tornou subitamente num concurso para ver quem é mais verde em vez de quem é mais rápido. Desconfio que Mateschitz queira que a equipa fale por ele este fim de semana, onde conta mais - na pista.

A brilhante corrida de Ricciardo provou que apesar dos carros da Red Bull estarem tecnologicamente atrasados no início da época, ainda assim são competitivos. Parece que este ponto passou despercebido a algumas pessoas esta semana.

Vê as probabilidades do Grande Prémio da Malásia, põe de lado as discussões sobre o consumo de combustível de Ricciardo e o valor é gritante. Vettel está a 15.0 para ser o vencedor, enquanto Ricciardo está com uns incríveis 29.0.

E ainda há mais. Os dois pilotos estão respectivamente a 3.0 e 5.5 para terminarem no pódio, enquanto a Red Bull está a 9.0 no mercado antecipado para ter o carro vencedor.

Estes preços elevados devem ter sido influenciados pela saída precoce de Vettel na corrida em Melbourne, no entanto as cinco voltas que fez foram uma a mais do que Lewis Hamilton, e esta semana ele é o favorito a 2.76. O desempenho de Ricciardo diz mais sobre o potencial de Vettel, assim como Nico Rosberg ter vencido a corrida na Austrália, prova que o Mercedes de Hamilton pode ser competitivo outra vez.

A Fórmula Um ainda se está a adaptar aos novos motores e às novas regras, por isso, apesar de não haver certezas não faz sentido apostar nos preços pequenos. Por isso é que vou apostar em Vettel a 15.0, para relembrar a toda a gente porque é que ele já foi quatro vezes campeão e porque é que o desporto precisa da Red Bull mais do que a companhia de bebidas precisa do desporto.

in Apostas Betfair

betfair, f1

Partilhar "GP da Malásia: Protestos da RedBull podem tornar Vettel na melhor aposta do fim-de-semana" via:

Enviar Comentário

Comentário (0)