Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
United States, the best promotions, bonuses and bookmakers available at:
Take these offers now!

Remo: Mendes e Fraga alimentam sonho luso

Remo: Mendes e Fraga alimentam sonho luso
Depois das decepções do Judo se juntarem às lesões dos melhores atletas portugueses, a esperança de uma medalha é cada vez mais ténue. Porém, esta manhã houve uma boa notícia para a comitiva lusa com a qualificação de Pedro Fraga e Nuno Mendes para a Final de "double scull" ligeiros.
 
por Andrelot   |   comentários 0
Quinta, Agosto 2 2012

Os remadores lusos efectuaram um percurso surpreendente tendo em conta que rodaram quase toda a prova no último lugar mas conseguiram um sprint final fantástico que os "catapultou" para o 3º lugar da Série e, consequentemente para a Final que decorrerá este Sábado às 09.40.
 
É um facto que há duplas bem mais credenciadas para discutirem as medalhas mas a verdade é que só restam seis equipas. Assim sendo, e apesar dos portugueses serem quase uns "intrusos" nesta Final, a esperança reina entre os atletas e o seu treinador e isso ninguém lhes pode tirar.
 
As duplas britânica 2.86, neozelandesa 3.7 e dinamraquesa 2.8 lideram a lista de candidatos ao Ouro e se avaliarmos o seu desempenho nas Meias-Finais tal torna-se perfeitamente compreensível.
 
Mas Fraga e Mendes, cotados a 60.0 para levarem o ouro, não lutam pelo título mas sim por tentar uma medalha que seria muito saborosa para eles, e para o nosso país.
 
A luta pelo top-3 promete ser muito interessante e as quotas ainda não estão ajustadas, pelo que é cedo avaliar as probabilidades lusas, no entanto é legítimo acreditar que a nossa dupla pode intrometer-se entre os favoritos e "brigar" por um lugar ao sol.
 
Não se esqueça, a corrida que pode dar a 1ª medalha Londres 2012 a Portugal decorre este Sábado ao início da manhã (09.40) num espaço que deverá estar recheado de público, ou não estivesse uma dupla britânica em competição.
in Apostas Betfair
betfair, jogos olímpicos

Comentário (0)