ONLINE
3
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

Os piores Momentos Olímpicos da História


Os piores Momentos Olímpicos da História
"É raro que uma corrida feminina ganhe tanta notoriedade como esta ganhou..."

Ao longo dos vários eventos já ocorridos têm sido muitas as histórias menos positivas, umas por razões políticas, outras por razões anti-desportivas e outras, simplesmente por acidentes imprevistos. Fique com uma lista dos momentos mais marcantes deste grandioso evento.
 
Terrorismo
 
As emoções andam à flor da pele durante os Jogos Olímpicos, mas nunca se contaram tantas lágrimas durante os eventos das olimpíadas como em 1972. Nesse ano, uma organização terrorista da Palestina, de seu nome Black September, foi responsável pelo rapto e assassínio de onze atletas israelitas e dirigentes, bem como o tiro fatal sobre um polícia da Alemanha Ocidental, durante as Olimpíadas em Munique.

 

Boicotes "dente por dente"
 
Em vez de colocarem de lado as suas divergências políticas ao longo das Olimpíadas, os Jogos Olímpicos de 1980 assistiram a um boicote por parte dos EUA às Olimpíadas de Moscovo como parte de um conjunto de acções iniciadas pelos americanos como forma de protesto contra a guerra soviética no Afeganistão. Como é natural, este episódio voltou a acontecer quatro anos depois, em 1984, quando as Olimpíadas foram boicotadas pela União Soviética e outros países aliados comunistas.

 

O esquema de drogas de Ben Johnson
 
Os dias que antecederam a final dos 100 metros em 1988 foram recheados de sensacionalismo, mas a excitação antes da prova nem se compara ao choque pós-evento. Era mais que esperado que Carl Lewis seria o primeiro a chegar à meta, mas o canadiano Ben Johnson ultrapassou Lewis com extrema tranquilidade como se tivesse consumido algum tipo de droga. A questão foi que de facto o atleta consumiu. "Drugs cheat Johnson", como ainda hoje é conhecido o caso, chegou a consumir o esteróide proibido Stanozolol e a medalha de ouro ganha foi imediatamente retirada da sua carreira. A medalha de prata de Lewis, foi substituída pela de ouro, e a de Linford Christie, que era de bronze, foi trocada pela de prata.


Mary Decker/Zola Budd
 
É raro que uma corrida feminina ganhe tanta notoriedade como esta ganhou. A sul-africana Zola Budd, cujo talento foi encontrado por um cidadão britânico para concorrer aos Jogos Olímpicos de 1984 confrontou-se com a célebre e muito apoiada Mary Decker na final dos 3000 metros. Indo directo ao assunto, Budd e Decker colidiram três vezes a meio caminho da corrida, onde a terceira colisão lançou Decker para fora da pista o que claramente chateou Budd. A plateia vaiou Budd, culpando-a pela queda de Decker, quando o vídeo provava que a colisão não foi mais que um acidente. Budd terminou num triste décimo sétimo lugar, mais tarde alegando que abrandou apenas para não enfrentar a fúria da plateia caso tivesse ganho.

 

Greg Louganis bate com a cabeça
 
Embora o incidente seja constantemente relembrado cada vez que a prática do mergulho é mencionada em televisão, é impossível não ficar impressionado cada vez que revemos Greg Louganis a bater com a cabeça contra a prancha. Na tentativa de fazer uma manobra aérea (uma cambalhota e meia), Louganis sofreu uma concussão depois de uma falha de cálculo que o levou a interromper um salto que podia ser perfeito numa queda dolorosa dentro de água. No final, acabou por rir-se, já que o atleta americano levou duas medalhas de ouro para casa em duas situações - o trampolim de três metros e a prancha de 10 metros.

 

A falha de Paula Radcliffe
 
A vencedora de várias medalhas Paula Radcliffe detém o Recorde Mundial de maratona tendo ganho inúmeras corridas, e percursos de 5000 metros e 10,000 metros durante a sua carreira, mas uma medalha de ouro iludiu-a, com a sua mais recente tentativa, em 2008, acabando terrivelmente. Apesar de ter ganho a Maratona de Nova Iorque em Novembro de 2007, Radcliffe terminou num humilde 23º lugar o que na verdade não foi um tão mau desempenho, considerando que tinha partido a sua perna em Maio.

 


in Apostas Betfair
betfair, jogos olímpicos

Partilhar "Os piores Momentos Olímpicos da História" via:

Enviar Comentário

Comentário (0)